Nilson conta o milagre que Deus fez em sua história: “Tenho uma nova vida”

Sou natural de Laguna, minha família era muito grande, tinha vinte irmãos, dezesseis homens quatro mulheres. A partir dos doze anos já comecei a trabalhar na pesca, nesta época tinha uns amigos “entre aspas” e foi nessa amizade que conheci o cigarro. Mais tarde, conhecia a maconha, no momento parecia tudo alegria, mas alguns anos depois a maconha não fazia mais efeito, então comecei a usar cocaína.

Testemunho Nilson Alves

Essa foi a minha juventude: droga, bebidas e muitas festas. Alguns anos passaram e vim morar em Florianópolis, arrumei um emprego, casei, consegui comprar casa, terreno, carro, mas sempre usando drogas. A minha ex-esposa sempre falou para eu parar de usar drogas, mas eu continuei até o dia em que ela não aguentou mais e nos separamos. Foi muito triste a separação, eu achava que ela nunca ia me deixar, mas acabou. Fui morar sozinho, comprei uma casinha, e continuei usando drogas, mais drogas, as coisas começaram a piorar.

Um dia fui trabalhar bêbado e fui mandado embora. Estava afundando cada vez mais, os amigos sumiram, comecei a ficar com depressão, vontade de morrer, não queria viver. Tentei o suicídio me enforcando numa árvore que tinha lá em casa, mas nesse momento veio na minha mente a lembrança da minha mãe, eu iria fazê-la sofrer muito, então não me matei.

Usava muita droga mas não fazia efeito, acabei provando o crack e foi a pior coisa, quase morri. Eu já não aguentava mais a vida que levava e pedi ajuda para minha ex-esposa. Ela me ajudou, procuramos muitas instituições, mas todas estavam fechadas, até que um irmão conseguiu uma vaga para mim no Bom Samaritano.

Quando cheguei fui muito bem recebido, com amor, carinho, e acreditando que poderia mudar a minha vida. Passei muitas dificuldades para me libertar das drogas, porque eram 25 anos de vícios. Foi muito choro, força de vontade, e aconselhamento. Me ajudaram muito, amigos que sempre tinha uma palavra para eu não desistir. Agradeço ao Adalto, Cosme, Dejair, Cristiano, pastor Moisés Martins e outros irmãos.

Enquanto escrevo este depoimento, estou chorando muito porque estou lembrando desses momentos bons que passei neste lugar abençoado por Deus. Aceitei a Jesus Cristo como Senhor da minha vida e fiquei no Bom Samaritano por um ano e oito dias.

Hoje, pela misericórdia de Deus, já faz 12 anos que o Senhor me libertou das drogas, glórias a Deus. Porque a Palavra de Deus diz: “Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará”.

Tenho uma nova vida, estou casado há sete anos, tenho uma esposa maravilhosa e um filho que Deus me deu, o Josué, e mais dois enteados, a Jéssica, uma menina linda de Deus, e o Edinei, um adolescente especial. Sou diácono na obra do Senhor e trabalho com alegria.

Deus me deu uma casa de dois andares, e mais uma kitinete para alugar. Agora, o Senhor também me permitiu comprar uma caminhonete Ranger, tudo para a glória do nome de Jesus.

Obrigado, Bom Samaritano. Pastor Moisés, que Deus continue usando vocês, nunca desista dos seus sonhos. Adalto, Cristiano, meu irmão do coração, e todos os demais, amo vocês em Jesus Cristo.

Nilson Alves, 46 anos.

share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *